Home / Destaque / CONHECENDO OS TIPOS DE MISTURAS COM ALUNOS DO 4º ANO – AULA DE CAMPO

CONHECENDO OS TIPOS DE MISTURAS COM ALUNOS DO 4º ANO – AULA DE CAMPO

Fazer uma mistura é um procedimento extremamente rotineiro em nossas vidas. Com certeza, todos nós já fizemos uma ou várias. Os alunos do 4º ano do Colégio Nossa Senhora de Fátima, orientados pela professora Clebia,  puderam aprender na prática como funciona essas tais misturas.

Mas você sabe a definição de mistura?

A mistura é simplesmente a união de duas ou mais substâncias diferentes. De acordo com o dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, união significa junção, adesão ou contato.

Todas as vezes que um material entrar em contato com outro, teremos a formação de uma mistura. Muitas pessoas têm o hábito de dizer que uma mistura só acontece quando um dos materiais envolvidos dissolve-se (como é o caso do sal na água) e que água e óleo não se misturam porque o óleo não se dissolve na água. Como uma mistura é a união de dois ou mais materiais e a água está em contato com o óleo (unidos), água e óleo formam sim uma mistura, mesmo que não haja dissolução.

⇒ Mistura homogênea:

É a mistura que apresenta apenas uma única fase. Formamos uma mistura homogênea todas as vezes que todos os materiais envolvidos na mistura são dissolvidos. Por exemplo, se adicionarmos sal e açúcar na água, ambos serão dissolvidos e, ao final, veremos apenas a água, ou seja, haverá apenas uma fase.

⇒ Mistura heterogênea:

É a mistura que apresenta duas ou mais fases. Sempre é formada quando um ou mais materiais que foram adicionados não se dissolveram em outro. Por exemplo, se adicionarmos areia e isopor na água, nenhum dos dois se dissolverá. Como podemos ver claramente na mistura a água, a areia e o isopor, temos três fases.

Compartilhe com seus amigos
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print